PCND em Teófilo Otoni atinge 100% de presença nas aulas presenciais

A terceira turma do Programa de Capacitação em Neuropsicologia do Desenvolvimento (PCND) recebeu as aulas presenciais na última sexta-feira (17) e sábado (19), em Teófilo Otoni. Os participantes tiveram 100% de presença nos dois dias de aulas, o que corresponde a 32 profissionais capacitados, de 20 Apaes mineiras.

O engajamento dos alunos foi reconhecido pela professora de Genética do Comportamento, Fernanda Caroline dos Santos. “A turma foi bem receptiva e estava bastante interessada. Estou acostumada a dar aulas em universidades, onde os alunos já conhecem o conteúdo. Aqui, o grupo é bem heterogêneo, o que demonstra a vontade de aprender dos profissionais”, enfatizou.

Fernanda ainda classificou a experiência como uma “intensa troca de conhecimento”. “Os alunos possuem uma vivência prática que nós, pesquisadores, às vezes desconhecemos. Participar do PCND é aprender a ouvir as experiências de cada um para aperfeiçoar ainda mais nosso trabalho”, conclui.

A visão da professora vai ao encontro da opinião da coordenadora pedagógica da Apae de Ipatinga, Viviane Sâmora. Para ela, a estrutura do curso possibilita a troca de informações com profissionais de outras localidades, além de auxiliar na melhoria dos serviços prestados. “À medida que eu conheço mais sobre outras áreas, meu trabalho passa a ter um diferencial maior, onde os maiores beneficiados são as Pessoas com Deficiência e suas famílias”.

2Quem também elogiou o método a distância do Programa foi Letícia Maciel, da Apae de Ubaporanga. De acordo com ela, a proposta permite que mais pessoas se capacitem e repassem os aprendizados a outros profissionais. Outro ponto frisado pela psicóloga foi o encontro presencial. “É muito importante porque nos permite esclarecer dúvidas que às vezes surgem durante as vídeo-aulas”.

Já o pedagogo e diretor da Apae de Inhapim, Francisco Garcia, ressaltou a união de gestores e técnicos para aprimorar o atendimento às Pessoas com Deficiência. “O PCND é importante, não só para os gestores, mas também para os profissionais técnicos, que vivem o dia a dia nas Apaes. A participação de todos corrobora para a melhoria dos nossos serviços e quem ganha são os nossos alunos”, avalia.

O curso ainda passará por mais três cidades mineiras: Uberlândia (1 e 2 de abril), Juiz de Fora (20 e 21 de maio) e Poços de Caldas (17 e 18 de junho). Fique ligado e não perca!

Leave a reply